Logo Sebrae Previdência
 
 
 
HOME > INVESTIMENTOS > PLANO SEBRAEPREV > PERFIS DE INVESTIMENTO
 

Oportunidade de você influenciar os investimentos de acordo com seu perfil

Qual a atual fase da sua vida? E os seus objetivos de médio e longo prazos? Você tem propensão ou aversão a riscos? Refletir sobre essas questões é essencial para decidir qual perfil de investimentos mais atende às suas expectativas.


Você, enquanto participante, passa por duas etapas importantes dentro do seu plano de previdência: a de acumulação de contribuições e a de recebimento dos benefícios. Por isso, dependendo do momento em que esteja, pode ser melhor optar por um perfil mais conservador ou mais arrojado.


Por exemplo, se você ainda tem 10 ou mais anos até a sua aposentadoria, possui tempo suficiente para se recuperar de eventuais perdas – logo, pode ter alguma margem para correr mais riscos em seus investimentos. No entanto, se o tempo que resta para a sua aposentadoria é menor, é possível que seja mais difícil reverter uma eventual perda, o que se refletirá diretamente no valor do seu benefício.



 



Que nível de risco você está disposto a correr?

A tolerância a risco significa o quanto o Participante ou Assistido (aposentado ou pensionista) está disposto a arriscar quando escolhe seus investimentos.


O fator que diferencia os perfis é a alocação em investimentos que possuem expectativa de render mais, contudo, sofrem maior oscilação de preço (renda variável, investimento no exterior e investimentos estruturados), quanto maior o percentual aplicado nesse segmento, maior é a variação mensal do investimento, contudo, maior potencial de retorno no longo prazo.


Na hora de tomar sua decisão, é necessário que o Participante tenha claro o nível de tolerância ao risco que julgar confortável para investir seus recursos com maior tranquilidade.



O que são Perfis de Investimentos?

O SEBRAE PREVIDÊNCIA reconhece que existem diferentes grupos de participantes no Plano SEBRAEPREV e sabe que cada um deles possui diferentes motivações e interesses nos resultados da sua rentabilidade.


Como o Plano é enquadrado na modalidade de Contribuição Definida – ou seja, o valor acumulado depende das contribuições e da rentabilidade –, esta acaba sendo o fator decisivo para definir o valor do benefício a ser obtido após a aposentadoria de cada participante. Assim, com os perfis de investimentos, o SEBRAE PREVIDÊNCIA oferece a você, participante, o direito de influenciar efetivamente no destino de seus investimentos.






Quais são os perfis de investimentos do
Plano SEBRAEPREV?

O Perfil Conservador é aquele que agrupa investimentos considerados de menor risco e, por essa razão, exclui a alocação de recursos em renda variável (Bolsa), por exemplo.

O Perfil SEBRAEPREV (Moderado) é um perfil intermediário, voltado para os que conseguem lidar com uma pequena parcela de risco (Variação da cota). Para isso, aceitam investir parte de seus recursos em renda variável (Bolsa), por exemplo. Neste perfil, espera-se mais retorno pelo risco incorrido, ou seja, superior que do Perfil Conservador

O Perfil Arrojado destina-se ao participante com maior tolerância ao risco com o objetivo de buscar retornos mais elevados no longo prazo. No Perfil Arrojado, a relação entre risco e retorno situa-se acima da relação do Perfil SEBRAEPREV (Moderado). O que o diferencia do Perfil SEBRAEPREV(Moderado) é a maior exposição em renda variável (Bolsa), por exemplo.

 

Importante:
Os saldos das contas de Patrocinadora, independentemente da opção do Participante, serão alocados no Perfil SEBRAEPREV (Moderado). No que diz respeito aos Assistidos (aposentados e pensionistas), a escolha será, da mesma forma, individual, porém vinculará a totalidade de sua Reserva Individual, constituída – quando da concessão do benefício de prestação continuada – pelo Saldo de Conta Total vinculado ao então Participante, acrescido do valor das Contribuições Faltantes, se for o caso de benefício de risco e se essas forem devidas na ocasião.

 


Qual o seu Perfil de Investimento? Descubra aqui





 

Tipos de Investimento

Conhecer as principais formas de investimento existentes no mercado financeiro é essencial para optar pelo perfil que melhor se adequa a você.

O SEBRAE PREVIDÊNCIA tem a opção de seis modalidades de investimento para alocar os recursos do participante: além das quatro tradicionais (renda fixa, renda variável, imóveis e operações com os participantes – empréstimos), o Instituto pode optar também por investimentos estruturados e investimentos no exterior.

 

Investimentos que possuem rentabilidade conhecida ou estimada no ato da sua contratação e ideais para quem não suporta grandes oscilações da Bolsa e deseja retorno no curto prazo. São títulos públicos e privados, que conferem mais segurança a este tipo de aplicação.


Investimentos que trazem ganhos diretamente proporcionais aos riscos, assim como podem ser as perdas, e indicados para quem suporta com tranquilidade a possibilidade de perdas significativas no curto prazo para obter retorno no longo prazo. Tratam-se de ações e fundos de ações cujas rentabilidades são imprevisíveis e flutuam com as oscilações do mercado.


Segmento de aplicações que envolvem empréstimos feitos com recursos do plano de benefícios aos seus Participantes e Assistidos.



Reúnem os fundos de investimento que possuem características próprias, dentre as quais a possibilidade de realizar operações fora dos segmentos de renda fixa e renda variável. Para este segmento, o SEBRAE PREVIDÊNCIA realiza alocação de recursos apenas em cotas de fundos imobiliários.


No segmento de investimento no exterior o SEBRAE PREVIDÊNCIA investe em fundos de investimentos que possuem em suas carteiras ações de grandes empresas mundiais.


 





 


Exemplos com diferentes cenários

Veja abaixo simulações de retorno de cada perfil de investimentos em diferentes cenários. Os exemplos são meramente ilustrativos.



Escolha o cenário nos botões abaixo:



    

 




 


Dúvidas Frequentes




Não. Todos os perfis de investimentos fazem parte do Regulamento do Plano SEBRAEPREV e de sua Política de Investimentos aprovada pelo Conselho Deliberativo.


A opção e a manutenção do perfil de Investimentos são de única e exclusiva responsabilidade do Participante ou Assistido, uma vez que somente ele pode avaliar o momento de vida em que se encontra, seus objetivos, expectativas de retorno e riscos que está disposto a correr, por tudo isso, o SEBRAEPREVIDÊNCIA não indica, e sim, orienta sobre as opções de perfis de investimentos.


Não. O SEBRAE PREVIDÊNCIA continua como principal responsável pela execução dos investimentos do seu plano, bem como pelo pagamento dos seus benefícios futuros. Os investimentos continuarão sendo regidos pela Política de Investimentos do Plano SEBRAEPREV, que adota as melhoras práticas de mercado e utiliza a consultoria de gestores especializados de investimentos, considerando a alocação escolhida por cada participante.


Essa responsabilidade, pela escolha da carteira de ações caberá aos administradores financeiros, observadas as diretrizes legais e a Política de Investimentos do Plano SEBRAEPREV


Não. O perfil escolhido será aplicado somente no saldo da conta de Participante. Os recursos do saldo das contas de patrocinadora serão alocados no Perfil SEBRAEPREV (Moderado)


Sim, mas exclusivamente para o Perfil SEBRAEPREV (Moderado). Se não o fizerem, seus recursos serão, automaticamente alocados no Perfil Conservador. Quando não houver consenso entre os Beneficiários do Participante ou do Aposentado falecido a respeito da opção pelo perfil de investimentos, será adotado necessariamente o Perfil Conservador.


Não necessariamente. Os investimentos mais conservadores apresentam menores riscos, porém, sua rentabilidade tende a ser menor e, geralmente, são utilizados como investimentos de curto e médio prazos. Enquanto isto, investimentos mais arrojados apresentam maiores riscos, são menos previsíveis, mas podem proporcionar ganhos mais elevados.